1 de outubro de 2008

Cuidado no que você acredita ser amor!

As pessoas têm uma grande tendência a desacreditar as relações, tanto de amizade como as relações amorosas. Ta bem, eu sei que isso é um clichê! Mas vamos pensar bem no que é uma relação de amor.
Lembra em algum post anterior eu disse não saber o que é o amor, mas o tempo a vida e Deus tem me ensinado muito sobre isso, e talvez eu esteja começando a descobrir. Recentemente passei por uma turbulência amorosa, eu não queria magoar, não queria quem me magoassem, e estas coisas que todos nós conhecemos de cor!
Se eu estivesse falando de uma relação qualquer, eu diria que disso só restou mágoa, rancor, raiva, ciúme e estas coisita mais, as quais aconselho: retirem de suas vida a medida do possível!
Mas depois da tempestade, sempre vem a calmaria. O que posso dizer é que desta relação, eu realmente pude ver que o que sobrou foi amor e amizade. Mesmo não estando mais compromissados, estamos cientes que somos importantes um na vida do outro, que alem de amor “carnal” existe o amor sincero, puro, de carinho e compreensão. E é neste ponto que me refiro, as pessoas não conseguem acreditar que do fim de uma relação o que às vezes o que sobra é o amor!Por que na verdade as vezes só estamos colocando um ponto final no fim do capitulo, mas não no fim do livro!
Como as pessoas não acreditam mais(se é que um dia acreditaram) neste tipo de relação, é muito comum vermos comentários maldosos, cheios de rancor, inveja e incerteza!Sim incerteza da sua própria relação, por que na verdade nem bem certeza tem se o que sente é amor, ou será só mesmo sentimento de posse? Ou então quem sabe só o amor “ideal” que todos pregam, mas que na verdade, o próprio nome já diz, só existe na idéia!
Amar e ser amado não significam estar grudado, estar ao lado, muitas vezes nem significa estar compromissado. Como já dizia um de meus poetas preferidos, Renato Russo, “não basta o compromisso, vale mais o coração”. E realmente as pessoas não acreditam mais nisso, estão apegadas a aparência do relacionamento do que com o que ele realmente representa, e talvez por valorizarem as coisas erradas, acabam sempre errando a mão na hora de “escolher” quem amar! E ai só sabe ou lamentar por decepção, ou arrumar mais uma relação frustrada, isso acaba sendo um ciclo!
Bom eu estou aqui bem viva pra dar meu testemunho (isso parece culto religioso), existe sim relação que quando acaba, permite que ainda tenhamos carinhos, amor, afeição, preocupação com o bem-estar e vários sentimentos bons . Deus me deu o prazer de poder, vivenciar uma relação assim, e continuar vivenciando. E acredito no potencial de todos para que as relações se tornem assim, mais humanas, mais sinceras.....mas pra isso é preciso fazer por merecer!

10 comentários:

The last but not the least disse...

Que venha o amor verdadeiro. Uhuuwlll.

junquera, r disse...

olá, Kanaan...
Você tem razão, o amor é algo muito mais amplo que o compromisso, e é triste que as pessoas confundam tanto essas duas coisas!
É uma pena tbm que tantos deixem de se entregar às possibilidades do amor por medo de sofrerem
(snif)... Dessa forma impedem o compromisso, e tbm o amor...

Tommy disse...

Sei lá... creio que qnd se acaba se acaba definitivamente, sem amizades sem nada, na verdade eu nao sou tao evoluido pra acabr e ficar amigos e etc... respeito é o minimo que tenho... mas nao desejo coisas boas nem nada, concluindo paso do amor pro odio em dois tokes

Setlla disse...

Hihihi, Tommy, sinceridade é uma virtude e tanto!
Acho q eu o amor é um compromisso acima de todos os compromissos, você se compromete com seu coração, com seu sentimento, com sua alma...
Cada um tem seu próprio conceito de amor...E ama com sua forma única... Então seguindo a mesma frase que vc usou do Renato...
...Vale mais o coração... E JÁ QUE NÃO ME ENTENDES, NÃO ME JULGUES NÃO ME TENTES...

É só isso que as pessoas esquecem, que não devem julgar ao próximo, ainda mais quando o assunto for o amor...

Beijo nega

Stella disse...

Bã...Não sei como, ás vezes, eu consigo escrever, até meu nome eraado! hahahaha

Janice disse...

'quero aprender como seu pequeno grande coração!'

simplesmente gabi.. no words for you.

eu acredito sim.. que nunca terminamos uma relação AMOROSA sem que ainda sintamos (isso existe? aiuheiauua) amor pelo outro.

as vezes o rancor, a raiva e o orgulho ferido não nos deixam exergar isso. Mas, quisera eu poder ter me feito entender pelos meus 'erros' passados que eu não deixei de amar.

beejoooo

~ a Juh! disse...

Essa é uma dúvida que já se fez presente inúmeras vezes na minha vida. Será que é amor mesmo, será que não é só comodidade? Pra falar a verdade, uma duvidazinha ainda surge de vez em quando. =P
E é muito legal isso de terminar a relação e ficar numa boa. Dos relacionamentos que eu tive não fiquei amiga. No máximo um oizinho.
Como o Tommy, acho que não sou tão evoluída pra isso!

E muito obrigado pelas palavras de carinho no meu blog! Fez eu me sentir beeem melhor! ;')

Beeeeeeeeeeeeijos

maris disse...

Pra começar oque será amor...???

uma vez fiz um teste, fiquei sem ver o dudu 1 mês(pq moravamos em cidades diferentes) quando vi ele, meu coração não bateu mais forte, não fiquei cheia de emoção...sei lá tudo foi normal conclui então que eu não amava ele mais porque eu deveria sentir calafrios e etc...e terminei tudo afinal eu não amava mais ele, ai minha tia me perguntou pq tinha terminado e eu expliquei tudo que esta escrito mais pra cima e ela riu e me perguntou se eu gostava da compania dele de estar com ele enfim que isso era amor o resto é assim mesmo
não vamos passar a vida toda sentindo tudo isso que com o tempo o mais importante e a boa compania, o carinho e etc...
hoje não tenho duvidas que eu o amo, e que vou passar o resto da vida com ele, por causa dos momentos que são maravilhosos....
Por isso acho que vc gabi com o seu tempo vai concluir isso, ou não, vai saber cada um sabe de si, mas essa é minha opinião se ha amor no fim do relacionamento e porque ele ainda existe, ou esta sendo mau interpretado ou pouco cultivado...

junquera, r. disse...

Seu comentário no meu blog foi o comentário mais reticente que já recebi!!!
rsrs
Abraços!!!

Gabi disse...

adorei o post, mas não ando boa para comentar sobre AMOR. então meu comentário será breve, apenas repito: "adorei o post" hahaha beijos