17 de novembro de 2008

Carta do nosso reencontro!


É estranho desistir de tudo, repensar a vida, deixar os planos pra trás, abrir mão do sonho, abrir mão de amar.

Durante os dias que passamos longe, foi assim que senti, mesmo me sentindo mais eu, mais autentica, eu estava perdendo a noção do meu sentimento, na verdade eu estava escondendo de mim, de ti e do resto do mundo. È mais fácil se defender do sofrimento do que encará-lo cara a cara, e eu não me excluo deste estereótipo.

Estar longe de ti sempre me fez sofrer muito, mesmo eu fingindo estar bem, por dentro eu estava morrendo, meu coração era apertado e ai então optei por deixar você de lado e pensar somente em mim. Mesmo assim sempre te disse que nunca desistira da gente e não desisti.

Durante estes dias, eu procurei não falar a ninguém o que estava se passando dentro de mim, e demonstrava a todos que eu tinha escolhido estar somente comigo mesma. Mas não demorou muito pra eu descobrir que pensar em mim significava pensar em ti também. Na minha cabeça e no meu coração eu e tu não podem mais serem separados, estão sempre ligados, conectados por um sentimento que é tão forte que não sei explicar.

Ai estar com você tão conectado a mim, e ao mesmo tempo separado me fez sofrer de uma forma que nunca sofri antes, fez eu me perder dentro de mim. Ai sim, deixei de ser autêntica pra dar somente vazão ao que eu não era. Acontece que meus pensamentos estavam se organizando. Mesmo por fora eu não sendo quem eu sou, por dentro eu estava organizando a minha cabeça e os meus sentimentos pra poder te reencontrar.

E te reencontrei!!!

Nada foi diferente do que eu imaginava, ainda estamos extremamente ligados, o sentimento que temos um pelo outro é cada dia mais forte e mais seguro, o amor que sinto por ti é definitivamente aquilo que sempre sonhei! Neste reencontro descobri que, sim é muito sofrido estar longe de ti, estarmos de corpos separados. Mas mais triste e sofrido é estarmos com nossas vidas separadas. E estar contigo novamente me trouxe de volta pra dentro de mim, me fez querer sonhar, voar mais longe e ter certeza que não quero voar sozinha!

Sabes que confio em Deus, sei que ele faz o melhor por nós, e estarmos distantes é somente uma fase nossa de crescimento, porque cada dia mais tenho a segurança que Deus nos uniu mesmo antes de nascermos, talvez não em corpo, mas em alma...
Tu és tudo que sonhei, tudo que desde criança eu sempre quis, és de fato o meu príncipe encantado do meu conto de fadas real. Nem nos contos de fadas tudo são flores. Então me resigno e sei que estamos apenas passando por um momento e logo vamos estar juntos, sei também que nem tudo será sempre alegria, mas contigo do meu lado tudo é mais fácil superar.

Te reencontrei meu amor, e descobri que és minha força, minha garra, minha vontade de viver a minha plenitude. Porque só sou plena contigo!

Sempre sua!

7 comentários:

Tommy disse...

quisera eu ser tao aberto assim sobre a minha vida... bjaooo saudades tuaaas

maris disse...

humm....o amor é assim mesmo, sem regras, tudo vai acontecendo de uma forma inesperada...
sorte pra vcs...

beijosss

Márcio disse...

eu sou o teu principe encantado,isso eu ñ sei mas eu tento ser o melhor do mundo.e vc é tudo q eu sonhei em ter na minha vida uma menina e mulher amiga,companheira e a pessoa q eu escoli pra passar o resto da minha vida do meu lado.t amoooooo muitooooo!!e mais do q tudo na minha vida!!! milhões d bjossss do seu principe encantado!!

~ a Juh! disse...

Que texto lindoo! Transborda amor. *-*
Que essa distância não impeça que vocês curtam a felicidade e se amem muito! =)
Fases assim sempre existem e com amor, tudo se supera. =0

Eu tb chego cansadona no final do ano. É muito estresse que acumula do ano inteiro, né?
hehhehehehhehehhehehhe

Beeeeeeeeijos

Mariana disse...

que lindo!!!!as vezes a gente prefere se enganar quanto ao que sente...ainda bem q vc percebeu isso e nao deixou a felicidade ir embora.torco pra que vcs sejam muito felizes!!! bjoss

Janice disse...

lindooo!!! ^^

via aos reencontros \o/ e aos finais felizes..

O Profeta disse...

Esta carícia de fresca brisa
Transporta a beleza de Oriente
Uma voz doce cede ao silêncio
Esta aurora acorda finalmente

A sombra perdeu-se na luz
Escuto o pranto e o riso na bruma
Palavras fugindo ao sentido
Lembranças perdidas na espuma


Boa semana


Mágico beijo